Pão de Leite Condensado

1

Puxa a cadeira e senta cumadi... Hoje tem pão com café quentim! 
É, de novo, eu e os pães...me deixa vai rsrsrsrs.
Em casa de mineiro os pães crescem sob o calor do sol hehe.
A receita é super fácil, peguei no meu antigo livro de pães da Nestlé. 

Pão de Leite Condensado
Ingredientes:
1 lata de leite condensado
1 lata de água morna
3 tabletes de fermento para pão (45g)
metade da lata de óleo
4 ovos
1 piada de sal
1 kg de farinha de trigo aproximadamente
1 gema para pincelar

Modo de preparo:
Dissolva o fermento na água morna.
Junte o leite condensado, o óleo, sal e os ovos. 
Acrescente aos poucos a farinha de trigo, misturando com a ponta dos dedos, até grudar levemente nas mãos. Amasse bem e deixe descansar 15 minutos.
Faça pãezinhos no formato desejado.
Coloque em uma assadeira untada e polvilhada e deixe crescer por cerca de 1 hora ou até que dobre de volume, como hoje estava muito quente ele cresceu em apenas 40 m.
Pincele com a gema batida e asse em forno médio (180°C), preaquecido, por aproximadamente 30 minutos.
Sirva com manteiga, requeijão ou geleia.


Torta Salgada no Pote

8
Que saudades do meu cantinho, dazamigas, a correria do dia a dia tem me impedido de postar, estou por fora de tudo que acontece no mundo bloguístico, a coisa só não está pior porque sempre que posso dou uma sapiada no face rsrsrsrs, mas tudo bem, até porque não estou fazendo nada de diferente, somente repeteco das receitas que já foram postadas por aqui.

No aniversário da Yasmin resolvi fazer algo diferente - pelo menos eu acho que é diferente rsrsrsrs - pesquisei no tio google e não achei receita de torta salgada no pote, então adaptei e o resultado ficou ótimo - nada modesta rsrsrsrs.


Torta Salgada no Pote

Ingredientes:
1 e 1/2 pacote de pão de forma

Para o recheio de frango:
2 kg de filés de peito de frango
Alho, sal e limão para temperar os filés
2 colheres (sopa) de azeite
01 colher (sobremesa) de corante
01 cebola média cortada em quatro
1/4 de pimentão
4 tomates sem pele e sem sementes picadinho
100 g de azeitonas picadinhas
2 cebola média bem picadinha
400 g de requeijão cremoso
3 caixinhas de creme de leite

Para o patê de milho verde:
2 latas de milho verde escorrido
2 caixinhas de creme de leite
500 g de maionese

Líquido para umedecer o pão de forma:
400 ml de caldo do cozimento do filé
400 ml de leite

Cobertura - Purê especial de batata:
6 batatas médias
1 e 1/2 caixinha de creme de leite aproximadamente
100 g de requeijão cremoso

Decoração:
200 g de batata palha
2 cenouras raladas bem fininhas
Azeitonas em fatias


Modo de preparo:

Recheio de Frango:

Temperar os filés com alho, sal e limão.
Refogar na metade do azeite os filés, acrescentar cebola, pimentão e o corante. Colocar 800 ml de água e deixar cozinhar na pressão por cerca de 20 minutos; após pegar pressão.
Reservar o caldo.
Desfiar os filés e reservar.
À parte levar ao fogo metade do azeite, refogar a cebola, o tomate acrescentar as azeitonas.
Juntaros filés desfiados, desligar o fogo e juntar o requeijão e o creme de leite.

Patê de Milho:
Bater tudo no liquidificador.

Cobertura - Purê Especial
Cozinhar as batatas, espremer ou amassar com garfo, reservar
Leve ao fogo uma panela a margarina, deixe até derreter, acrescentar as batatas, mexer bastante, desligar o fogo e acrescentar o creme de leite e o requeijão.

Montagem:
Cortar o pão de forma em círculo; você pode usar um cortador ou a borda de um copo.

Reaproveitei as aparas (sem a casca escuro) na segunda camada de pão de forma.
Em um pote coloque uma colherinha de patê de milho, pão de forma umedecido, regar com o líquido, mais patê de milho, recheio de frango.
Agora a segunda camada: pão de forma umedecido, regar com o líquido,  patê de milho, recheio de frango e por último uma camada de purê de batatas.
Decorar com batata palha, cenoura ralada e uma fatia de azeitona.
Pode ser conservado na geladeira por até 4 dias.

Rendimento: 50 potes plástico com capacidade para 140 ml.



Nota:
É tudo bem pouco, se não não cabe no pote.
Eu usei uma bisnaga vazia de catchup para umedecer o pão de forma.



Um abraço mineirim procês cambada.

Tomate Seco em Conserva e no Aperitivo de Abobrinha

11
Bom dia!!!
Depois da minha paixão pelos pães, também gosto muuuuito de: vinho, queijo, azeite, alecrim; não necessariamente nesta ordem, mas gosto por dimais.
E se estes ingredientes estiverem reunidos em uma mesma receita... hummm.
A receita é simples com grau de dificuldade 0 rsrsrs.
Tomate Seco
Ingredientes:
2 bandejas de tomate seco
Alecrim fresco
Azeite extra virgem
Sal grosso

Modo de preparo:
Higienizar os tomates, partir ao meio ou em quatro se maiores.
Forrar um tabuleiro com papel alumínio.
Distribuir os tomates.
Salpicar sal grosso e o alecrim.
Levar ao forno baixo (o mais baixo possível), cerca de 20 a 30 minutos ou até que fique desidratado, sem o líquido aparente.
Virar os tomates no meio do processo para não queimarem.




Conserva de Tomate Seco:
Azeite extra virgem para cobrir os tomates.
4 dentes de alho inteiros
Alecrim fresco
Sal (se necessário)

Aqueça levemente o azeite (tipo mamadeira de bebê).
Coloque o alho e o azeite deixe mergulhados no azeite até esfriar.
Transfira tudo para um vidro esterilizado (limpo, fervido, seco).
Tampe bem e deixe pelo menos 3 dias.

O aperitivo de abobrinha com tomate seco me surpreendeu...pensei que a aceitação seria menor, visto que muitos torcem a cara para a coitada da abobrinha.


Aperitivo de Abobrinha e Tomate fotografado pelo sobrinho e fotógrafo Pedro Silva 

Aperitivo de Abobrinha e Tomate Seco
Corte a abobrinha em rodelas finas.
Em uma panela coloque água e sal para ferver a abobrinha por 20 a 30 segundos; somente para ficar ao dente.
Com a ajuda de um palito prenda o tomate seco na abobrinha.
Ajeite tudo em uma travessa para servir e regue com mais azeite, polvilhe alecrim e sirva.

NOTA:  Confesso que as vezes consumimos a conserva de tomate seco no mesmo dia, mas o sabor fica mais ressaltado após os 3 dias.
Também consumimos os tomates secos em recheios, sanduíches e torradas e SEMPRE acompanhado de um bom vinho.
A receita do tomate seco é do blog Camomila Rosa e Alecrim.

Abraços

Pão de Canela e Pão de Coco

8
Antes de publicar esta receita,  estou aqui vendo que a maioria das receitas postadas no Aroma Mineiro são de pães, só peço para terem paciência comigo hahaha. 
Além de guardar minhas receitas favoritas, este blog é um legado que vou deixar para minha filha Yasmin,  hoje com 7 anos... desde cedo percebo nela o gosto pela cozinha.


Pão Receita Básica
*xícara medida de 240ml
Ingredientes:
4 ovos pequenos
1 e 1/4 xícara (chá) de leite morno
1/2 xícara (chá) de óleo
3/4 de xícara de açúcar =  1 xícara mal cheia
2 envelopes de fermento de pão instantâneo/seco (20g)
1 pitada de sal
1 kg de farinha de trigo

Para o recheio do pão de canela:
3 colheres (sopa) de açúcar orgânico
1 colher (sopa) de canela
2 colheres (sopa) de margarina
Para polvilhar:
3 colheres (sopa) de açúcar cristal orgânico
1 colher (sopa) de canela

Para o recheio do pão de coco:
3 colheres (sopa) de açúcar
50 g de coco ralado
2 colheres (sopa) de margarina
Calda:
100 ml de leite de coco
2 colheres (sopa) açúcar cristal orgânico

Modo de preparo:
Misture o fermento com a farinha de trigo e reserve.
No liquidificador bata os ovos, o leite, o óleo, o açúcar e o sal.
Junte a mistura batida aos ingredientes secos reservados.
Sove a massa por pelo menos 10 minutos.
Tampe a massa com um pano de prato e deixe descansar por 20 minutos.
Divida a massa em duas partes.
Com a ajuda de um rolo, abra cada parte formando um retângulo.
Rendimento: 2 tabuleiros grandes
Para o pão de canela:
Em um retângulo espalhe a margarina e polvilhe canela misturada ao açúcar.
Corte em rodelas, coloque em um tabuleiro untado e enfarinhado.
Deixe descansar coberto com um pano de prato, por aproximadamente 1 hora ou até dobrar de volume.
Leve para assar no forno moderado até corar.
Ainda quente polvilhe açúcar misturado à canela.

Para o recheio de coco:
Espalhe a margarina e polvilhe o coco misturado ao açúcar.
Corte em rodelas, coloque em um tabuleiro untado e enfarinhado.
Deixe descansar coberto com um pano de prato, por aproximadamente 1 hora ou até dobrar de volume.
Pincele a gema e leve para assar no forno moderado até corar.
Retire do forno e ainda quente regue com a calda de  leite de coco e açúcar.
Calda: Leve ao fogo o leite e coco e o açúcar, deixe apurar um pouco até formar uma calda rala.


As fotos estão embaçadas pois foram tiradas a noite.

NOTA: 
Deixe 1 e 1/2 xícara de farinha de trigo sem fermento para trabalhar a massa na bancada.
O pão de canela NÃO foi pincelado gema.
A calda é rala mesmo, utilize uma colher de sopa para regar, coloquei uma colher (sopa) de calda em cada fatia e ficou saborosa sem ficar encharcada.
Eu sou apaixonada por canela, então já sabem qual que gostei mais né?
As baratas aqui de casa amaram o pão de coco, acho que calda rsrsrs.
Quero testar com amendoim triturado!!!

Abraços


Pão de Goiabada - Faça e venda

8


Nos tempos de faculdade durante um bom tempo vendi pães caseiros recheados; tanto pães doces quanto salgados, foi a  a forma que encontrei para melhorar meu orçamento naquela época.
O carro chefe dos pães era o pão de goiabada, não sei se pelo sabor ou a dificuldade das pessoas encontrá-lo à venda, só sei que vendia tudinho.
Geralmente eu fazia duas receitas, o que me rendiam 24 pães e vendia de 2,00 reais cada; na época me lembro que passava plástico filme neles, acondicionava em um isopor revestido de papel alumínio e como eu estuda à noite, o cliente muitas das vezes ainda quentinho. 
No final até alunos de outras salas e professores vinham comprar.
Bem, o tempo passou eu me formei e continuo fazendo os pães de goiabada rsrsrs, são os preferidos da minha irmã Solange.

Compartilho com vocês a receita.

Pão de Goiabada

Ingredientes:
60 g de fermento para pão (4 tabletes de fermento para pão fresco)

1 xícara (chá) de leite morno
1 xícara (chá) de açúcar (não muito cheia)
1 xícara (chá) de óleo (não muito cheia) 
4 ovos 
1 pitada de sal
1 kg de farinha de trigo aproximadamente
Gema para pincelar

Para o recheio:
500 g de goiabada 
1 xícara (chá) de água

Modo de preparo:
Bata no liquidificador o fermento e o leite.
Acrescente o açúcar, o óleo, os ovos e o sal, bata mais um pouco.
Coloque metade da farinha em uma bacia grande, faça uma cova e agregue a mistura  batida.
Transfira para uma bancada enfarinhada e acrescente o restante da farinha de trigo aos poucos até que a massa comece a soltar das mãos, amasse bem e deixe descansar 15 minutos tampado com pano de prato.
Divida a massa em 7 partes, abra a massa com um rolo.
Espalhe uma camada de recheio sobre a massa, enrole como rocambole fechando bem as laterais.
Coloque em tabuleiro untado e enfarinhado.
Deixe a massa crescer de 40 minutos a 1 hora aproximadamente ou até dobrar de volume. Pincele gema e asse em forno médio até corar.

Recheio: 
Pique a goiabada, coloque água e deixe no fogo alto até ferver, quando ferver abaixe o fogo e deixe até apurar.
Lembrando que depois de frio endurece ainda mais; o ponto perfeito é escorrer da colher com dificuldade. 
Leve a geladeira e deixe tomar consistência (pastosa).

Rendimento: 7 pães de 20 cm cada.



Assando...

NOTA:
Caso queira substitua o recheio de goiabada por banana, açúcar e canela.
A quantidade de farinha de trigo pode variar dependo do tamanho dos ovos, o segredo é NÃO deixar a massa dura.
A goiabada usada é aquela de quilo que vem na bandeja de isopor.
A temperatura do leite deve ser igual a mamadeira de bebê, caso contrário o fermento poderá perder o efeito.
Eu prefiro trabalhar com fermento para pão fresco, compro na padaria perto de casa na quantidade desejada, mas se você não tem facilidade em encontrar, utilize o fermento seco/granulado a dica é:   30g de fermento fresco = 1 sachê de fermento seco/granulado, sendo assim para a receita você vai precisar de 2 sachês. Mas fique atenta, leia o rótulo, existem marcas que devem ser misturadas à farinha de trigo, já outras pedem para diluir no leite.
Nos primeiros minutos deixo no fogo alto, depois abaixo e vou controlando.


Abraços e bom sábado!


Doces Mineiros - "Os mais pedidos cá em casa"

5
Bom dia!
Doces para adoçar a vida e a alma...
Marido gosta de manjar;
Eu gosto de mingau de milho em qualquer estação do ano;
E o pudim de leite é o queridinho de todos.

 Hoje compartilho a receita do manjar branco, esse aí coberto de ameixa em calda.

Manjar de Coco

 Ingredientes:
1 lata de leite condensado
2 latas de leite comum
3 colheres (sopa) de amido de milho
200 ml de leite de coco
50 g de coco ralado

Calda:
300g de ameixa sem caroços
1 xícara(chá) de açúcar 
1/2 xícara (chá) de água

Modo de preparo:
Leve ao fogo o leite condensado, o amido dissolvido no leite, mexa até engrossar, acrescente o leite de coco e o coco ralado. Deixe cozinhar alguns minutos.
Coloque em uma forma e para não grudar passe óleo na forma, molhe com água e escorra. 
Leve para gelar, desenforme e decore com as ameixas e calda.


Calda: Leve ao fogo  as ameixas, o açúcar e a água até apurar.

NOTA:
Fiz porções individuais que me renderam 22 copinhos de 60 ml cada, copinhos estes que são uma mão na roda quando o almoço é para 26 pessoas como foi meu caso.
Depois de gelado o manjar fica mais firme.
O coco ralado é opcional.


A receita de mingau de milho verde já publiquei aqui no blog.

Depois fizemos a área externa eu só tenho tenho olhos para enfeites para ela, mulher é bicho bobo mesmo.

Detalhes da casinha chaveiro; que não tem chaves rsrs, com o tema cozinha mineira.

Tenham um sábado lindo e abençoado.

Pão de Cebola com Mousse de Frango

10
O meu amor pelos pães vai muito além do comer; eu gosto de sovar e sentir a massa... é uma terapia ficar com as mãos cobertas de farinha. Além da satisfação ao ver a massa crescendo...sentir o aroma de pão assando, misturado ao perfume do café fresquinho se espalhando pela casa. 
 Enquanto sovo a massa, minha pequena (Yasmin) fica do lado; quando ela não está amassando uma porção da massa no cantinho da bancada, ela fica ali espiando e imaginado em voz alta fazer pães também quando crescer.
E seja para o dia a dia ou para um dia de festa, lá estão eles se exibindo na mesa.


Esses eu fiz em um sábado desses e enquanto o churrasco não saia, fomos papeando e beliscando, bom mesmo seria não ficar com a barriga cheia na hora do jantar, mas nem sempre isso é possível, as vezes somos traídos pelos pãezinhos. Bom dimais sô!
A receita do mousse salgado de frango com abacaxi eu já postei aqui.

Pão de Cebola

Ingredientes:
1 e 1/2 xícara (chá) de leite morno
60 g de fermento para pão (ou 2 sachês de fermento granulado/seco)
4 ovos
1/2 xícara (chá) de óleo
1 cebola média picada em quatro
1 caldo de galinha em pó
1 colher (chá) de sal
1 quilo aproximadamente de farinha de trigo

Modo de preparo:
Bata no liquidificador todos os ingredientes, exceto a farinha de trigo.
Coloque metade da farinha em uma bacia grande, faça uma cova e agregue a mistura batida, transfira para uma bancada enfarinhada e acrescente o restante da farinha de trigo aos poucos até que a massa comece a soltar das mãos.
Sove bem a massa e deixe descansar 15 minutos tampado com pano de prato.
Modele porções individuais, coloque em um tabuleiro untado e enfarinhado.
Deixe os pães crescerem de 40 minutos a 1 hora aproximadamente ou até dobrar de volume. 
Pincele as gemas e leve para assar em forno médio até corar.

NOTA:
Lembre-se que em dias frios o tempo de crescimento será maior, o contrário ocorrerá em dias quentes, como moro em uma região bem quente, há dias em que os pães crescem em menos de 30 minutos.
A massa de todo pão deve ficar meio que pregando nas mãos, com um "Q'" de mole, o grande erro das pessoas é deixar a massa dura, lembre-se: quanto mais farinha de trigo mais pesado ficará seu pão e menos ele crescerá. 
Não é porquê a receita pede 1 quilo de farinha de trigo que você tem que colocar toda a farinha, vai depender do tamanho dos ovos utilizados entre outros fatores.
Para assar costumo deixar no forno médio por uns 20 minutos, então abaixo um pouco e deixo um pouco até corar, o tempo de preparo total dependerá de cada forno e potência utilizada.

"Faça o que for necessário para ser feliz. Mas não se esqueça que a felicidade é um sentimento simples, você pode encontrá-la e deixá-la ir embora por não perceber sua simplicidade." Martha Medeiros

Tenham um excelente fim de semana!


Sorvete de Morango - A Receita de sorvete que mais faço

6
Calor combina com: Sorvete!!!


Sorvete de Morango

Ingredientes:
1 lata de leite condensado
2 caixinhas de creme de leite

1 gelatina de qualquer sabor ( usei de morango)
2 caixinhas de morangos 


Modo de preparo:
  1º Passo - Dissolver a gelatina (500ml de água, conforme a embalagem) e bater ( sem gelar, é a gelatina ainda morna) no liquidificador com o leite condensado e o creme de leite.
2º Passo - Colocar em uma forma (tabuleiro) e levar para congelar.
3º Passo - Picar em pedaços pequenos e bater na batedeira até dissolver.

4º Passo - No início fica pesado para bater ( se estiver muito congelado deixe derreter um pouco) , mas depois fica um creme bem aerado e cremoso. 
5º Passo - Acrescentar os morangos e bater até incorporar ao creme.
Levar para congelar em um pote tampado (na fost free leva 4 horas para congelar).
Fica com uma consistência muito boa, dá para fazer bola com o boleador!!!

Sirva com sua cobertura preferida.

Rendimento: 1 pote de sorvete de 2 litros


NOTA: 
Os morangos foram amassados com garfo e colocados em uma  peneira a fim de escorrer o excesso do caldo.  
Você pode substituir o sabor da gelatina e colocar a fruta de sua preferência.
A receita é antiga, é do extinto programa da Palmirinha da rede Gazeta.

 Foto: Brincando de casinha.
Abraços

Pão Doce de Milho da Josy

13
Boa noite!!!
Vi esta receita no blog Cozinhando com Josy e como adoro fazer pães, resolvi testar.
É um pão macio, saboroso e pouco doce; excelente para comer com manteiga ou geleia.

Pão Doce de Milho da Josy

Ingredientes:
1 quilo de farinha de trigo
1 lata de leite condensado
1 lata de milho verde escorrida
4 ovos
4 colheres (sopa) de margarina
1 xícara (chá) de leite morno
60 g de fermento para pão fresco
1 pitada de sal

2 gemas para pincelar
Fubá para polvilhar

Modo de preparo:
Bata no liquidificador todos os ingredientes, exceto a farinha de trigo.
Coloque metade da farinha em uma bacia grande, faça uma cova e agregue a mistura  batida, transfira para uma bancada enfarinhada e acrescente o restante da farinha de trigo aos poucos até que a massa comece a soltar das mãos.
Sove bem a massa e deixe descansar 15 minutos tampado com pano de prato.
Modele porções individuais, coloque em um tabuleiro untado e enfarinhado.
Deixe os pães crescerem de 40 minutos a 1 hora aproximadamente ou até dobrar de volume. 
Pincele as gemas e polvilhe o fubá, leve para assar em forno médio até corar.

NOTA
Eu fiz pequenas alterações, a receita original vai leite em pó e o modo de preparo é diferente.
(EDITADO) - Quem quiser o pão um pouco mais doce, sugiro que acrescente 1/2 xícara (chá) de açúcar, os meus próximos pães de milho terão um muncadinho mais de açúcar hehe, mais docim.

Pincelados com gema...

Polvilhados com fubá...



"Eu quero, dia após dia, costurar a vida e vê-la se transformar em um futuro bom, todo bordado em coragem."
Gabriela Castro

Abraços

Salada de Domingo

5
Domingo passado fiz almoço na área externa, uma das coisas que mais tem me alegrado.
O almoço de domingo foi acompanhado de uma bela salada.
Salada de Domingo

Ingredientes:
1 cabeça de couve flor
2 cenouras raladas
3 tomates sem sementes
6 morangos cortados em quatro
Alface crespa
Cebolinha verde

Para temperar:
1/2 limão siciliano
Azeite extra virgem à gosto
Sal

Modo de preparo:
Higienize a couve flor e cozinhe no vapor até ficar au dente, não deixe mole "pelamor". 
Deixe a couve flor esfriar e junte a cenoura, os tomates picados, os morangos e a cebolinha.
Misture bem e regue com o limão siciliano e o azeite.
Coloque a alface rasgada em volta de uma travessa e no centro a salada já temperada, regue com um pouco mais de azeite.


Domingo combina com churrasco que combina com vinho.


Pela manhã enquanto o churrasco não saía era uma calmaria que só... pensamos até que iria chover.

As plantas gostaram do novo cantinho, já estão pegadinhas.
Veja a salsa que maravilha!
Abraços prazamigas (os) hehe.